progresso-fazenda-latitude-13.jpg

NOSSAS FAZENDAS

Do cultivo à xícara, o melhor do café especial

Latitude-13-Fazenda-Aranquan-37.jpg

O café especial Latitude 13 nasce diretamente do cuidado das mãos dos nossos produtores. Todas as etapas, do cultivo à embalagem, são supervisionadas por quem respira, vive e ama o café em duas fazendas localizadas no coração da Chapada Diamantina - Bahia. Locais que reúnem o ambiente perfeito, onde a beleza exuberante da natureza se alia à uma combinação de clima, solo, altitude e latitude ideais para o crescimento e maturação das melhores cerejas de café arábica. Uma região "mágica" para a produção de grãos altamente diferenciados, destacados entre os melhores do Brasil.

Latitude-13-Fazenda-Progresso-Aerea-4.jpg

FAZENDA

PROGRESSO

Coração e vocação no cultivo da terra

progresso-2-fazendas-latitude-13.jpg

Fundada pela família Borré, que migrou do Sul do Brasil para a região de Ibicoara - Bahia em 1984, a história da Fazenda Progresso reúne paixão, obstinação e alto conhecimento de culturas agrícolas. Com uma vasta área total destinada à produção de café, que teve início em 2005 e encontrou condições ideais a uma altitude média de 1.150m e amplitude térmica média de 10ºC, com dias quentes e noites frias. Um ambiente perfeito para a produção das variedades de café arábica Catuaí 144 vermelho e Topázio Amarelo.

 

De 60 a 70% da colheita é feita de forma manual e todas as etapas de beneficiamento contam com equipamentos de última geração. É dos melhores lotes de cada safra da Fazenda Progresso que nasce o Latitude 13 Cafés Especiais.

aranaquan-1-fazendas-latitude-13.jpg

FAZENDA

ARANQUAN

Cultivo orgânico e biodinâmico que nutri o solo e a vida

trator-1.jpg

Cafés especiais, orgânicos e biodinâmicos fazem  parte da história da Fazenda Aranquan desde 1998, quando Luca Giovanni Allegro, mestre em Comércio Internacional pela George Washington University, assumiu a propriedade do pai, localizada entre os municípios de Mucugê e Ibicoara - Bahia, e dedicou-se à cafeicultura ecológica e de qualidade.

 

A colheita é manual e seletiva, com diversas passagens pela planta, colhendo apenas grãos perfeitamente maduros. Com foco no mercado exterior, os cafés exportados pela Fazenda Aranquan logo ganharam notoriedade nos anos 2000, sendo selecionados pelo Vaticano e conquistando restaurantes de Chefs consagrados, como do famoso Jamie Oliver, em Londres - UK. Ao lado da mulher, Juli Allegro, decidiram entregar esse café altamente selecionado para o mercado nacional. Assim, nasceu o Latitude 13 Cafés Especiais.

Plantio

As mudas de café são produzidas por viveiros nas próprias fazendas, permitindo controle sobre a qualidade a ser produzida.

Usamos os frutos dos nossos melhores pés de café para a produção de sementes.

Leia mais
Latitude 13 - Fazenda Aranquan-70.jpg

Secagem

Feita em duas etapas. Na primeira, os cafés permanecem por 24h em terreiro de cimento, expostos ao sol e ao vento.

 

Na segunda, o café é retirado do terreiro e acondicionado em secadores mecânicos, respeitando o tempo de secagem dos frutos.

Leia mais
secagem-2.png

Torra

Para encontrar o ponto que melhor exalta os atributos do café, é acompanhada a "Curva de Torra" em cada lote, através de aparelhos e sensores modernos enquanto o mestre torrador faz a análise visual, sentindo os aromas e acompanhando as mudanças do grão durante o processo.

Leia mais
Latitude 13 - fotos para site - fazenda progresso-16.jpg

Colheita

Manual e seletiva em quase 70% na Fazenda Progresso e 100% na Fazenda Aranquan, com diversas passagens pela planta, selecionando os grãos maduros, que são separados, lavados, descascados e desmucilados para então seguirem para a secagem.

Leia mais
Latitude 13 - Fazenda Aranquan-21.jpg

Avaliação

Após rigoroso controle dos lotes, os grãos são levados para uma moderna sala de prova e laboratório de qualidade na Fazenda Progresso, onde são analisados por um “degustador”, que atribui as notas e a classificação de cada lote.

Leia mais
Latitude 13 - fotos para site - fazenda progresso-6.jpg

Xícara

O café segue, finalmente, para o processo de embalagem e é distribuído para chegar à sua xícara de forma perfeita, exaltando cada nuance dos complexos cafés da nossa Chapada Diamantina - Bahia.

Leia mais
Latitude 13 - Fazenda Aranquan-35.jpg